terça-feira, 8 de janeiro de 2013

Primeiro post- Homo sexualidade

Não pesso que me entenda, apenas que me escute!





Nos seres humanos somos constantemente modificados de acordo com o meio em que vivemos para nós em geral é sempre mais facil seguir padrões e custumes como uma marionete da sociedade em vivemos ,O mundo em que vivemos não nós da liberdade de escolha de nada  .

È muito mais simpples pra mim e para todos os  gays daqui  e de qualquer lugar se fossemos exatamente como todo mundo ninguem gosta de sofrer não é  escolha minha e de ninguem ser assim ,acho que de certa forma somos assim como punição por algo em uma vida passada ,pode ser que não seja nem um punição pra gente que é gay, pois o tempo nós insina muito como  lidar com tudo mais sim um amadurecimento para parentes que em vidas que forma intolerantes .

Não gosto de pensar que ser gay se algo isolado ,acho que ser gay quase como se todos  os gays do mundo fosemos irmãos de sofrimento de dor,mesmo que não nos conhecemos sei que cada uma de nós já passou por coisas bem parecidas .

Acho que a palavra gay caiu como um luva para nossa “raça” pois gay em tradução literal é feliz e afinal que ga nao é feliz ,sofremos horores ,mais isso não é o pior além de sofrermos agora que estamos sendo livres pra nos manifestarmos social e culturalmente inumeros querem nos reprender .

A existencia gay não é algo rescente de ontem ou antes de onte sempre entivemos presentes na sociedade porém  nunca ninguém quis admitir.

Existem inumeras grandes personalidades na historia que eram gays ai vam alguns exemplos :

 Sócrates (470 a.C. – 399 a.C.)

 

                                                                                                 


Sócrates, um dos principais filósofos ocidentais, viveu na Grécia Antiga, onde era normal um homem mais velho manter relações sexuais com homens jovens. O tutor de Platão chegou a declarar que o sexo anal era sua melhor fonte de inspiração e que relações heterossexuais serviam apenas para procriação. Detalhe: Sócrates defendia a investigação e o diálogo para se chegar à verdade, método que deu origem à famosa DR que assombra casais. Será que, em algum momento, ele precisou ter uma DR porque sua “fonte de inspiração” havia secado?!

 

               
               Alexandre, o Grande (356 a.C. – 323 a.C.)


A orientação sexual do guerreiro macedônio é assunto que já rendeu polêmicos estudos acadêmicos, livros e até filmes hollywoodianos. O historiador Plutarco conta que Alexandre se casou quatro vezes (com mulheres). No entanto, alguns historiadores, como Diodoro Sículo, afirmam que o guerreiro teria tido pelo menos um amante-homem, Heféstion. Aliás, quando Heféstion morreu, Alexandre teria ficado sem comer e beber por vários dias.

 

 

 


Leonardo da Vinci (1452 – 1519)


                                                                                                                         

A versatilidade e o talento de Leonardo da Vinci nunca surtiu dúvidas: ele foi cientista, engenheiro, anatomista, botânico, inventor. E pintor, claro. Com base em registros históricos e em escritos pessoais, biógrafos de Da Vinci deduzem que o gênio teria sido homossexual. Leonardo passou, inclusive, por um tribunal após ser acusado de sodomia com um homem prostituto. A acusação não foi adiante, mas os boatos a respeito da sexualidade de Da Vinci permanecem até hoje.

 

 

  Ernest Röhm (1887 – 1934)


Homossexual assumido, Röhm foi um dos braços-direito de Adolf Hitler e um dos responsáveis pelo crescimento do movimento nazista na Alemanha dos anos 1920-1930. Devido à sua orientação sexual, o oficial tinha muitos inimigos dentro do partido. O resultado da sua união com Hitler não poderia ser diferente. Quando o fürher percebeu que Ernest poderia lhe causar sérios problemas (tipo uma contradição histórica inexplicável), decidiu tirá-lo do seu caminho. Fez o mesmo que fazia com muitos dos homossexuais da época: matou.

 

    
           Harvey Milk (1930 – 1978)


Harvey Milk, representante distrital de São Francisco, foi o primeiro gay assumido a vencer uma eleição nos Estados Unidos. Em uma sociedade conservadora da década de 1970, ele discursava em favor da liberdade e tentava dar esperança aos gays. Seu ativismo foi importante na luta gay: 11 meses após ser eleito, Milk conseguiu aprovar uma lei sobre os direitos dos homossexuais de São Francisco. Personalidade polêmica e visada por conservadores, o militante foi assassinado um anos após ser eleito. 

 

 

Alan Turing (1912 – 1954)


Alan Turing, matemático e cientista da computação. Turing foi um dos responsáveis pela formalização do conceito de algoritmo, base da teoria da computação. Também criou a Máquina de Turing, tecnologia que deu origem ao computador moderno. Durante os anos 1940, ajudou a projetar o supercomputador Colossus, que desvendava códigos secretos dos nazistas. Apesar de suas grandes façanhas, respondeu um processo criminal em 1952. O crime? Homossexualidade. A pena? Tomar hormônio sexual feminino, condenação que teria prejudicado sua saúde e, dois anos depois, provocado sua morte.

 

 

 Tim Cook (1960 – )


Cook pode não ter mudado ainda os rumos da civilização, mas poder para isso não falta. Tim Cook, que seria homossexual assumido e já foi apontado pela imprensa americana como o gay mais poderoso do mundo, é o presidente da Apple e sucessor do mítico Steve Jobs. Por que o cara é poderoso? Sua responsabilidade é nada menos que comandar a fabricante de computadores, tablets e smartphones no lugar do fundador da companhia. Cook entrou na Apple em 1998 para supervisionar a produção de computadores. Chamou a atenção de Jobs e foi se transformando em seu braço-direito. Mais de uma década depois, foi indicado pelo próprio Steve Jobs como o próximo CEO. Diante de seu currículo e posto, alguém duvida de seu potencial para mudar a História?

 

Ai estão alguns das milhares de historias de vencedores que existem ,não é pelo fato de sermos gay que somos menos ou mais do que ninguem ,podemos não ser maioria na sociedade mais fazemos parte da sociedade e por isso fazemos muito barulho por nossos direitos .

Espero que agora você que mesmo não sendo gay deu um tempo em sua vida pra presta atenção nesse humilde ser esteja refletindo um pouco sobre aceitação .

Até o proximo post 

 

Por. Chandom Charles

Nenhum comentário:

Postar um comentário