sexta-feira, 8 de março de 2013

Mulheres...




O dia de muitas chegou... E como falar delas, pessoas especiais que se viram em mas de mil de
uma única vez.
Muitas vezes choram baixinho para que ninguém perceba, outras são explosivas gritam como se isso aliviasse uma imensa dor ali naquele peito armazenada.
Elas são mães, amigas, conselheiras, são muito mais que simples seres vivos, são guerreiras, heroínas, protetoras, amigas.
Tão organizadas nas tarefas domésticas, e na pro fissional, mas em uma sexta a noite para se arrumar pra sair com as amigas consegue bagunçar um quarto todo em algumas horinhas. Não estão sempre sorrindo muitas vezes os problemas vem a tona, e ela deixa as lágrimas cair.
Algumas são tão confusas que nem elas as entendem, outras são tão maduras,  e ainda assim ambas conseguem manter seu lado menina.
E não elas não são frágeis, são fortes até de mais, elas consegue carregar um filho por nove meses, menstruam por sete dias, choram, caiem, viram noites em cima de salto alto, fazem depilação, trabalham, mantem a casa em ordem, fazem a compra do mercado, cuida da família.
Como falar de vocês? Que tanto me inspiram... É me inspiram pois falta muito pra eu dizer SOU MULHER, sou apenas uma menina  com muito aprende, mas sei que dentro de mim existe uma grande mulher.
Parabéns guerreiras, que dão continuidade á vida.


''Mulheres de todas as cores, de muitas idades de poucos amores''

Nenhum comentário:

Postar um comentário