segunda-feira, 13 de maio de 2013

Liberdade.






Livres...
E finalmente fomos livres
Livres pra poder sorrir
Livres para poder ter dignidade
Mais até que ponto somos livres?

Se ninguém nos aceita na sociedade
Se ninguém quer o negro por perto
Se na mente de alguns pele determina caráter
Se pra muitos não passamos de ratos.

Negros tantos sofreram
Que até hoje correntes nos cercam
Liberdade... Liberdade
Até que ponto foi bom ser livre

Se vivemos em uma sociedade onde
Nem mesmo negro respeita negro
Nem brancos respeitam brancos
Nem vermelhos aos vermelhos
Amarelos aos amarelos...

Nunca vamos ser livres
Enquanto mentes estiverem separadas
Nunca vamos ser livres enquanto pensamentos...
...Não estiverem cruzados.

Nunca vamos ser livres
Se não acabar a separação
Se não pararmos de tratar humanos como raças
E não como vida...

Tenho apenas um sonho
Que todos os povos...
Se aceitem, e que o verdadeiro IÊ
Exista dentro de nós...

Nenhum comentário:

Postar um comentário