sexta-feira, 3 de maio de 2013

Um sentimento estranho!




Estou super animada com o clima de segundo bimestre do ano, o planejamento da escola já foi feito, no teatro estamos com várias apresentações marcadas, já tenho viagem planejada, e quem não se anima com tantas novidades assim.
Pra me alegrar ainda mais meu gatinho do texto '' Nada a Dizer.'' vai vim no próximo fim de semana, e meu coração só acelera a cada dia, espero que de tudo certo e ele venha mesmo.
Nossa eu e essa mania de me apegar em quem mora longe de mim, não sei o porque disso viu, parece que tem uma energia de outro mundo que me uni só com a distancia, creio que sentir saudades é meu destino.
Até mesmo nas amizades, eu passo anos sem ver o meu melhor amigo; minha família, amigos, e garotos todos tão longe porém tão próximos do meu ser.
Imagina só quando eu for embora da minha cidadezinha, vai ficar bem mais complicado, pois geralmente é nas férias que todos voltam pra cá, e eu vou estar longe, e vou ter que aprender a lidar cada vez mais com este sentimento.
Essa tal de saudade é uma grande atrevida, ela nós trás tantas sensações. Não é mesmo? Reparem as vezes estamos bem, e do nada surge uma lembrança nessa coisa que chamamos de cabeça (Vocês já param pra prestar atenção como a palavra cabeça é engraçada, bom eu acho. Mas Pato é mais), voltando no assunto e    
essa lembrança nós trás saudades de um tempo bom. Ou então não estamos bem, e lembramos de algo ou alguém a saudade vem novamente, só que dessa vez ela nós tira um sorrisinho de canto  porque foi um tempo bom. Também tem as vezes que você senti muita tristeza por não ter quem você queria e quando essa pessoa vem pra te ver você fica muito feliz, e essa felicidade de momento, é causada pela saudade.
Bom creio que há milhares de tipo no qual esse sentimento se mistura, e sempre nos trazendo recordações. Assim sendo as recordações são os principais motivos para sentir falta de algo ou alguém.
Quantas vezes não ficamos horas, minutos, segundos, olhando uma fotografia velha, e pensando como aquele dia foi bom, e tudo que ocorreu nele, cada sorriso, lagrima, tudo pode está dentro de uma fotografia, que vai causar saudade.
Mas cada um sente isso de uma forma, ela se manifesta de diferentes formas, de inúmeras maneiras, e infinitas vezes, mas até que é bom esse sentimento atrapalhado. Bom eu pelo menos gosto, mais a melhor parte é matar ela.
Não vejo a hora do meu neguinho chega, e eu abraça- ló e enche-lo de beijos, apertar, morder, cuidar, e assassinar essa tal de saudade, que assim que ele me der o ultimo beijo pela manhã, vai renascer dentro de coração bobo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário